Um fórum onde os segredos do ocultismo deixam de ser segredos. Mas, lembre-se que o que vai encontrar aqui é conteúdo poderoso e ás vezes perturbador, se ñ acha que tem responsabilidade suficiente para participar ou até ler o nosso conteúdo, não o faça.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
pentagramas
Fórum
Xat da Radio Amplitude

Get RadioAmplitude chat group | Goto RadioAmplitude website
Não falar sobre fenómenos paranormais neste chat....pedimos a compreensão e cooperação de todos...
Últimos assuntos
» Aulas de Kinesis
Sab Mar 23, 2013 10:15 pm por Rafael de Oliveira

» Extras :: Downloads :: Animes e/ou OVA's
Dom Out 07, 2012 5:25 pm por Scorpio

» Apresentação
Seg Set 24, 2012 6:35 pm por Admin (el oculto)

» Os Dragões
Qui Jun 14, 2012 2:30 pm por dark draco

» Meditação Elemental
Seg Fev 27, 2012 10:42 pm por solua

» Olá a todos :)
Sab Out 29, 2011 7:50 am por Angel

» [teoria] Como se Tornar Realmente Um Vampiro
Sab Out 22, 2011 3:54 pm por Admin (el oculto)

» Tutorial: Como Parar o Tempo
Sab Out 22, 2011 9:37 am por Admin (el oculto)

» A Quimera dos Tempos Atuais
Qui Out 20, 2011 7:42 am por Admin (el oculto)

Links do Fórum
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Radio Style

Compartilhe | 
 

 O Mito do Doutor Faustus

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin (el oculto)
Professor
avatar

Mensagens : 146
Estrelas : 4052
Obrigados : -1
Data de inscrição : 23/10/2010
Localização : Portugal

MensagemAssunto: O Mito do Doutor Faustus   Dom Jun 26, 2011 8:11 pm

O Mito do Doutor Faustus


A história do doutor Johann Faustus é sem dúvida a mais difundida e menos compreendida entre elas, pois vejamos as descrições mais vulgares:

Faust (alemão para "punho") ou Faustus (latim para "auspiciosa" ou "sortudo") é o protagonista de uma clássica LENDA alemã; em que o protagonista faz um pacto com o diabo. A narrativa é a base de muitas obras literárias, artísticas, cinematográfica, e obras musicais, como os de Christopher Marlowe, Goethe, Thomas Mann, Hector Berlioz, Franz Liszt, Oscar Wilde, Charles Gounod e até mesmo o Radiohead.

O nome "Faust" veio para ficar por obra de um suposto charlatão alquimista (alguns dizem "astrólogo e necromante"), cujo orgulho e vaidade conduziu ao seu castigo eterno. Do mesmo modo, o adjetivo "Faustiano" denota atos ou considerações envolvendo a arrogância humana que nos conduz finalmente ao castigo.

A origem do nome e do personagem Fausto permanece incerta, embora seja amplamente admitida a hipótese de ser ela baseada na figura do Dr.Johann Georg Faust (1480-1540), um mago e alquimista de duvidosa reputação; provavelmente de Knittlingen, Württemberg, que obteve um grau de Divindade na Universidade de Heidelberg, em 1509.

Segundo alguns relatos, a infâmia Fáustica se tornaria lendária, enquanto ele esteve na prisão onde - em troca de vinho - ele "se ofereceu para mostrar a um capelão como remover os pêlos de seu rosto sem uma lâmina; o capelão lhe deu o vinho e em troca Fausto cumpriu o que prometeu: com uso de arsênico, removeu não só os cabelos, mas a carne também, sem exibir nenhum ferimento".

No folclore polonês, há uma história com um tal de Pan Twardowski num papel semelhante ao de Fausto, e parece ter sido originada ao mesmo tempo que as descrições alemãs vieram à tona. Não está claro se as duas histórias têm uma origem comum ou influenciaram-se mutuamente. A figura de Pan Twardowski é supostamente baseado num alemão do século XVI; imigrante da Cracóvia, então a capital polonesa, possivelmente John Dee ou Edward Kelley. Segundo Melanchthon, o histórico Johann Faust tinha também estudado na Cracóvia.

Vejamos uma outra versão aproximada da história do Doutor Faustus; a de Christopher Marlowe:

A Trágica História do Doutor Faustus é uma peça de teatro criada por Christopher Marlowe, baseado na história de Johann ( ou Johannes ) Faustus, em que um homem vende sua alma ao Diabo em troca de poder e conhecimento. Em um nível mais profundo, esta obra mostra a decadência de uma pessoa que escolhe os ganhos materiais ( por comandar os demônios para atender seus desejos ) em detrimento de valores espirituais, e assim, perde a sua alma. Doutor Faustus foi publicado pela primeira vez em 1604, onze anos após a morte de Marlowe e, pelo menos, doze anos após a primeira encenação da peça.

Como um prólogo, o verso nos diz sobre que tipo de caráter é representado pelo Doutor Faustus. Não se trata de guerra ou de um singelo amor cortês, mas sim sobre Faustus, que nasceu de família humilde e pais sem condições de investir recurso nos talentos dos filhos. Isto pode ser visto como uma partida da tradição medieval; Faustus detém um estatuto menor do que reis e ou santos, mas sua história é ainda merecedora de crédito e menções honrosas ( ou horrorosas se preferir assim ).

É nos oferecido uma introdução a sua sabedoria e suas habilidades, mais notavelmente na divindade que se sobressai tão tremendamente quando a ele é concedido um título de doutorado. Durante esta abertura, encontramos também a nossa primeira pista para a origem da futura e previsível derrocada do Doutor Faustus. Seu caso guarda semelhanças para com a história de Icarus. Este detalhe, esta analogia nos dá mais uma pista sobre o destino do Doutor, bem como nos chama a atenção para a idéia de arrogância ( orgulho excessivo ), que está representada na lenda sobre Ica
rus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ocultismo.forumeiro.com
 
O Mito do Doutor Faustus
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Laboratorio do Doutor Hikaru [Multi-Sistemas]
» Acabou, é o fim do MITO !
» Parabéns MITO !
» História Antiga: O mito de Caim

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Lendas :: Lendas Urbanas-
Ir para: