Um fórum onde os segredos do ocultismo deixam de ser segredos. Mas, lembre-se que o que vai encontrar aqui é conteúdo poderoso e ás vezes perturbador, se ñ acha que tem responsabilidade suficiente para participar ou até ler o nosso conteúdo, não o faça.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
pentagramas
Fórum
Xat da Radio Amplitude

Get RadioAmplitude chat group | Goto RadioAmplitude website
Não falar sobre fenómenos paranormais neste chat....pedimos a compreensão e cooperação de todos...
Últimos assuntos
» Aulas de Kinesis
Sab Mar 23, 2013 10:15 pm por Rafael de Oliveira

» Extras :: Downloads :: Animes e/ou OVA's
Dom Out 07, 2012 5:25 pm por Scorpio

» Apresentação
Seg Set 24, 2012 6:35 pm por Admin (el oculto)

» Os Dragões
Qui Jun 14, 2012 2:30 pm por dark draco

» Meditação Elemental
Seg Fev 27, 2012 10:42 pm por solua

» Olá a todos :)
Sab Out 29, 2011 7:50 am por Angel

» [teoria] Como se Tornar Realmente Um Vampiro
Sab Out 22, 2011 3:54 pm por Admin (el oculto)

» Tutorial: Como Parar o Tempo
Sab Out 22, 2011 9:37 am por Admin (el oculto)

» A Quimera dos Tempos Atuais
Qui Out 20, 2011 7:42 am por Admin (el oculto)

Links do Fórum
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Radio Style

Compartilhe | 
 

 Mito do Chip no Pato á Pequim

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Rito



Mensagens : 2
Estrelas : 2432
Obrigados : 0
Data de inscrição : 22/04/2011

MensagemAssunto: Mito do Chip no Pato á Pequim   Sex Abr 22, 2011 8:12 pm

Num lindo fim de tarde um casal de namorados depois de completamente exaustos, por terem estado a demonstrar o amor que sentem um pelo outro dentro do carro dele, ela volta-se para ele enquanto se vestem e diz-lhe que apetecia-lhe ir jantar fora para assim terem ambos um final de dia excelente.
Ele nem hesitou, disse-lhe que sim e que a iria levar a um restaurante chinês que conhecia e que era dos melhores da região.
Chegados ao restaurante uma simpática senhora vestida com um lindo kimone preto acompanha-os´há respectiva mesa.
Passado uns minutos uma senhora um pouco mais velha que a anterior, com uma enorme cicatriz recentemente curada na mão direita, coloca as ementas em cima da mesa.
Ambos decidem ir para o Pato á Pequim, visto que era algo que ambos gostavam.
O passa nem quinze minutos em que ambos olhando nos olhos um do outro e relembrado oque tinham feito há pouco tempo atrás, ambos com um sorriso malicios, foram interrompidos pois a dita senhora colocou na mesa uma enorme travessa com o dito suculento Pato á Pequim, claro que acompanhado pelo tão famoso arroz "chau-chau".
Ambos deleitam-se com o famoso manjar que tinham há sua frente, ele mostrando-se em entendido diz que o pato é tão saboroso porque é a pele que lhe confere o sabor tão intenso e delicioso.
Ela ri pois nota que o pato que fooi trinchado em pequenos pedaços para a travessa nenhum apresentava pele, foi então que ela disse que talvez seria por outra iguaria qualquer.
Ambos passam algum tempo a tentar descobrir o que será que dá um sabor tão especial ao pato, num determinado momento, ela trinca algo tão duro que lasca um dente, por instinto e com a aflição engolu fosse o que fosse.
Não passaram nem dois minutos em que além das dores que tinha por ter lascado o dente, agora tinha umas dores horriveis de cortar a respiração na zona do estomago, ele em pânico leva-a de imediato ao hospital mais próximo onde assim que entraram, fizeram-lhe logo um raio X, onde foi detectado no estômago, algo com a forma de uma cápsula.
Foi-lhe realizado uma endioscopia, onde passado quatro minutos a sonda havia retrado a cápsula.
Não era cápsula, nem ferro, nem vidro, era sim um chip, um chip de identificação animal.
Passado alguns dias e como tinham apresentado queixa na policia, foram saber do resultado da identificação do chip.
Para grande assombro de ambos foi-lhes comunicado que o chip pertencia a um cão de raça Pitbull, branco com o nome de Killer em que o dono era português.
Esse animal era procurado pela policia por ter atacado uma cidadã de origem oriental, mas que encontrava-se em paradeiro desconhecido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Mito do Chip no Pato á Pequim
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» PROBLEMA COM O S925 HD, COM MSG CHIP SET NOT DETECTED (RESOLVIDO)
» Verda ou Mito ? ( De seu Click)
» Transformar s922 em toconsat duo hd +
» [JUTSUS] Uzumaki Ichizoku
» [Curiosidades com a Tia Zakuro #2] 10 curiosidades sobre Hunter x Hunter

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Lendas :: Lendas Urbanas-
Ir para: